Ichiban – Restaurante Japonês – Sushi no Porto

Ichiban

Avenida Brasil, 454
Almoço – Ter-Dom 12:30-15h
Jantar – Ter-Qui 19:30-23h & 19:30-1h
Tel: 226 186 111

O nome assenta melhor do que uma luva; Ichiban quer dizer “número 1” em Japonês.

O chef por trás deste restaurante, Masaki Onishi, é nativo do Japão, e por isso consegue melhor do que ninguém trazer um toque de genuinidade e tradição a uma gastronomia que por cá muitas vezes se hibridiza com as tendências ocidentais (vulgo, fusão).

Localizado mesmo em frente ao mar, o restaurante enquadra-nos no espírito certo para apreciar as delicadezas marinhas que se avizinham. Logo à entrada, oferece-se um ambiente sereno e bem conseguido; a discrição e sobriedade da decoração trazem conforto sem fazer confronto. Todo o espaço está preparado para conferir ao comensal uma sensação de tranquilidade e intimidade, permitindo um enfoque total na comida e na nossa companhia.

Quando deparados com a ementa, é com surpresa que avistamos uma variedade tão surpreendente e no entanto tão desconhecida de pratos Japoneses. Sim, há muito mais do que sushi na ementa, e ainda bem. Outra característica interessante é a muito distinta selecção de peixe, indo para além do já esperado salmão, atum e robalo.

Entre as vezes que já frequentamos o Ichiban, pudemos experimentar algumas delícias, tanto no menu de almoço (que é excelente em termos de qualidade-preço) como ao jantar. Descrevemos então, o que nos aconteceu num jantar especial. Iniciámos-nos com uma sopa miso, delicada e muito aromática, que é uma excelente forma de abrir o apetite para um festim. Para desenvolver a refeição, e como estávamos festivos, optamos por seleccionar vários moriawase (que significa prato combinado, e é uma selecção do chef), nomeadamente de tempuras, sushi, sashimi e nigiri. A cena que se seguiu pode apenas ser fielmente descrita nos livros que remontam a festins medievais que duram dias. Apenas à chegada dos pratos é que nos apercebemos do que havíamos de facto pedido.

As tempuras surpreenderam, através do uso pertinente de vários vegetais, camarão e peixe, envoltos de um fantástico polme e frito até a uma estaladiça perfeição. No entanto, o sushi, o sashimi e os nigiri ganharam a noite. O sashimi foi-nos presenteado num arranjo sumptuoso, com motivos orientalistas, e uma gigante cabeça de peixe-porco a olhar-nos nos olhos. Não a consideramos intimidante, mas antes pelo contrário, como um tributo ao peixe e à sua tão evidente frescura. Mas a prova, a prova levou-nos mais uma vez a um recanto longínquo no fundo do mar. Para começar, a variedade de peixe era impressionante, figurando também peixes menos comuns nos restaurantes de sushi, como o peixe-galo, rodovalho e peixe-porco. A frescura e textura, bem como a sapiência do corte, elevaram o peixe a um nível glorioso. Posso até dizer que nesse momento, senti medo de nunca mais conseguir apreciar peixe cozinhado. O sushi demonstrou a clara mestria de confecção, com combinações sóbrias mas surpreendentes, respeitando e dando um merecido destaque ao peixe e à alga, o que nem sempre acontece em muitos restaurantes desta natureza. Os nigiri asseguraram o seu lugar no pódio, sendo que foram apresentadas 10 peças diferentes generosamente cobertas de peixe e elevadas por um arroz bem cozido e moldado, que não se sobrepõe, mas acompanha. É como tudo o que é bom pode também acabar bem, as sobremesas são deliciosas e uma aposta segura. O staff é de uma eficiência irrepreensível, e muito simpático e solícito a explicar as maravilhas que chegam à mesa.

Em suma, o Ichiban é um espaço de passagem absolutamente obrigatória para todos os amantes de cozinha japonesa que vivem ou visitam o Porto.

Avaliação

Ambiente 95 %
Comida 95 %
Atendimento 95 %
Preço 90 %
Ichiban Menu, Reviews, Photos, Location and Info - Zomato

Deixar uma resposta