FESTAS DE SÃO JOÃO

Enquanto a véspera de São João (23 de Junho) se aproxima, todos vão traçando os seus planos para a grande noite. Já tratou dos seus? 

As comemorações do São João começam-se a parecer cada vez com as do Natal, visto que as primeiras manifestações surgem um mês antes do grande dia. Desde as cascatas de São João que lá vão aparecendo nos cantos mais escondidos aos ornamentos festivos, tudo se vai compondo em expectativa.

 

É no dia 22 de Junho que acontece um dos eventos mais desejados: as rusgas de São João, onde cada freguesia desfila na Baixa numa competição pelo melhor traje e representação cultural, acompanhada de cantoria e uma boa disposição que contagia toda a plateia.

Já no dia 23 de Junho há quem prefira montar o fogareiro em casa e fazer a festa com a vizinhança. Mas não vamos ser parcos, a verdadeira festa de São João acontece junto ao rio numa noite em que o fogo-de-artifício é só o começo e onde a multidão faz fila pelas sardinhas e brinca às marteladas até ao romper do dia.

 

O São João começou por ser uma festa que se espalhava pelas freguesias portuenses, até nas últimas décadas acabar por concentrar os maiores eventos na Baixa. Oferecemos-lhe três percursos que lhe permitirão conhecer todos os focos bem vivos e espalhados pela cidade que comemoram a grande noite de São João.

Dos Aliados à Ribeira

Um clássico para quem quer poupar energias

São João Porto

Da diversidade de percursos pedonais percorridos ao longo da noite de São João, o percurso com início na Avenida dos Aliados que culmina no fogo-de-artifício da Ribeira, e é umdos mais populares e por isso é também um mais intensos.

Assim que começar a percorrer a Avenida dos Aliados ao ínicio da noite sentirá uma enchente moderada, e é certo que não se esquivará às primeiras marteladas. Os Aliados funcionam como um dos principais locais de passagem para quem segue em direcção ao fogo-de-artíficio, mas nos Aliados também se faz a festa. Para além dos vendedores ambulantes que se encarregam de manter as bebidas frescas e as pipocas a saltar, pode também contar com uma série de grandes concertos.

Assim que iniciar a descida em direcção à Ribeira, passará pela renovada e encantadora Rua das Flores e logo chegará ao Largo de São Domingos. Aqui começa o mergulho na imensa multidão que se concentra junto do Jardim do Infante Dom Henrique. Faça então um pequeno desvio pela Rua da Reboleira para garantir que passa por uma das ruas medievais mais preservadas do Porto. Resta-lhe depois seguir para a Ribeira e arranjar o melhor lugar para assistir ao fogo-de-artifício.

Este percurso é sem dúvida para quem se quer misturar na multidão sendo também uma das caminhadas mais cénicas, já que passará por vários monumentos emblemáticos da cidade a começar logo pelos Aliados, bem como a Estação de São Bento, a Rua das Flores, o Mercado Ferreira Borges, o Palácio da Bolsa e depois a refrescante Ribeira.

Terminado o fogo, poderá optar por fazer o caminho inverso ao da descida, mas prepare-se para a tremenda maré de gente que seguirá na mesma direcção.

São João 2016

Da Foz à Ribeira

A maratona original do São João

São João Porto

A Foz é uma das zonas mais bonitas da cidade, então porque não começar a sua caminhada por estas bandas, ainda longe da grande comoção?

Entre a Rua do Paraíso da Foz e o Jardim do Passeio Alegre começará a ouvir a música de bailarico, e a vislumbrar as decorações de papel por entre o aroma a brasas no fogareiro. Por aqui não faltam locais para iniciar o seu São João. A começar pelo pequeno arraial e sardinhada montados a cargo do Paraíso Sport Club (Rua do Paraíso da Foz, 60). Mas se procura mais diversidade, uns metros mais abaixo, junto ao Jardim do Passeio Alegre tem uma fileira de restaurantes ambulantes, onde encontrará desde o pão com chouriço cozido a lenha, às farturas que são cada vez são mais arrojadas.

Não precisa de andar muito até chegar ao Jardim do Calém, onde encontrará um outro foco festivo com comes e bebes. Se seguir a sua caminhada à beira rio irá passar pela Rua do Ouro, onde após umas centenas de metros encontrará uma pequena subida que o levará até à Travessa da Boa Morte. Esta travessa abre-se numa espécie de praça juntamente com a Calçada do Ouro. É aqui que encontrará um dos referênciais da comezaina São Joanina, ou não estivéssemos perante a Tasquinha D’Ouro, a Adega Rio Douro e o Restaurante da Tia Aninhas.

Pela caminha que ainda terá a percorrer, passará pela tremenda Ponte da Arrábida e mais à frente pelo Museu do Carro Eléctrico até chegar a mais um local de paragem. No Cais das Pedras, há um animado agrupamento em torno do palco com actuações e dos clássicas grelhados na brasa. Junte-se à festa, mas não se atrase para o fogo-de-artifício porque mais à frente ainda tem mais uma paragem no Largo da Praia.

Para compensar esta longa caminhada (aproximadamente 7 km) assista ao fogo-de-artifício a partir dos barcos no Douro, assim garantirá uma excelente vista sobre a cidade e o espectáculo, e poderá finalmente sentar-se.

São João

From Fontaínhas to Gaia

For those who like different perspectives

São João Porto

Este é um percurso para quem quer estar perto do epicentro do fogo-de-artifício, mas sem comprometer a animação.

As Fontaínhas são bem conhecidas pela sua festa de S. João na sua Alameda. Aqui tem tudo o procura para esta noite, começando com a enorme oferta de repastos festivos: sardinhas, pimentos, caldo verde, barriga e bifanas estão na ementa das diversas barracas e roulottes que ocupam o local durante o período do São João. A música também não faltará neste local, que aufere de uma das vistas mais idílicas sobre o rio Douro.

Assim que tiver jantado, está na hora de rumar à Ribeira. Siga em direcção ao tabuleiro superior da ponte Luís I, mas enverede por um atalho, as Escadas do Codeçal que o levarão directamente ao tabuleiro inferior da ponte. E se a descer todos os santos ajudam, o São João também vai dar uma mãozinha. Por estes lances de escadas, passará pelas entranhas do São João da Sé, onde as casas ficam de portas abertas e usam a escadaria para preparar as sardinhas e os pimentos, e há quem diz que até o convidarão a provar. No final da escadaria chegará à Avenida Gustavo Eiffel, e ficará de frente para a Ponte Luís I.

Em dias de festa a ponte fica demasiado entusiasmada e vai notar que abana bastante, mas já estamos habituados ao ritmo da ponte. Por isso, em alternativa faça a travessia e assista ao fogo-de-artifício a partir do Cais de Gaia. Daí, terá uma das mais belas vistas do Douro, com o belo Porto como pano de fundo.

2 replies on “São João do Porto

Deixar uma resposta

Este site utiliza o Akismet para reduzir spam. Fica a saber como são processados os dados dos comentários.